Cadastre-se para receber atualizações do plástico bolha via e-mail:

 

 

 


Patriótica Aparecida?

por Fernando Lopes de Almeida Soares

Envolta em limo, traz pesada rede
ultimamente sempre em vão lançada
num rio estéril, linda imagem ( vede! )
de escuro barro, mas decapitada.


Peixe abundante, saciando a sede
das almas por milagre — ao ser pescada
também cabeça — sólida parede
de um templo brava gente ergue na estrada.


Brasil afora espalham devoção
à negra estatueta Aparecida
tropeiros adentrando no sertão.


E aos pés da Padroeira enternecida
farto sotaque ecoa desde então,
grandiosa Pátria fé mantendo unida.



Uai?! Tá sabendo não? A coluna Bolhas Geraes é dedicada aos nossos leitores e colaboradores mineiros, que, desde a edição #13, recebem o plástico bolha em diversos pontos de Belo Horizonte. Envie também os seus trabalhos para jornalplasticobolha@gmail.com

 

 

Esse texto foi publicado no plástico bolha nº17: download PDF

 

 






 

 


 

Copyright - Jornal Plástico Bolha - 2008 - E-mail: redacao@jornalplasticobolha.com.br