Cadastre-se para receber atualizações do plástico bolha via e-mail:

 

 

 


Mareamos

Rodolpho Saraiva


 

Você oscila: marola!

E a gente se ama sobre as tuas ondas

No meu mar de descontentamento

 

E me brinca:

— pra que águas remotas?

Todo encanto sucede uma incerteza!

Ao léu dessas falsetas

 

Vivo imerso

No esforço apneico

de profundezas.

 

Hoje aprendi a te amar:

Ora escafandrista,

Ora teu surfista

E sigo com a boca carregada do teu sal.



Esse texto foi publicado no plástico bolha nº32: download PDF

 

 

 






 

 


 

Copyright - Jornal Plástico Bolha - E-mail: redacao@jornalplasticobolha.com.br