Cadastre-se para receber atualizações do plástico bolha via e-mail:

 

 

 


[silêncio ardendo nos dentes]

Raquel Gaio


silêncio ardendo nos dentes
(madrugada)
pólvora macia, deslizante,
abrindo segredos e ventres.
(um descuido das pernas entorpece o fresco cimento da manhã/
escorre oleoso nas esquinas de tua ausência).

 



Esse texto foi publicado no plástico bolha nº33: download PDF

 

 

 






 

 


 

Copyright - Jornal Plástico Bolha - E-mail: redacao@jornalplasticobolha.com.br