Cadastre-se para receber atualizações do plástico bolha via e-mail:

 

 

 


Etla3

Ondjaki

 

.....deixa que a tarde
seja amarela e as janelas
tenham vista para a madrugada.


assim poderás, sempre,
abrir as mãos
e receber os pássaros.


eu estarei mais longe
perto da aspereza do silêncio
na lentidão do peixe
na pedra depois do voo


entre duas borboletas
e esse amarelo
nocturno, vago


que às vezes sopro
para ressuscitar andorinhas.

 



Esse texto foi publicado no plástico bolha nº38: download PDF

 

 

 






 

 


 

Copyright - Jornal Plástico Bolha - E-mail: redacao@jornalplasticobolha.com.br