Cadastre-se para receber atualizações do plástico bolha via e-mail:

 

 

 


fissura no cóccix da poesia

Ana Chiara

 

(a partir de um verso de “esposar a
noção”, de Mallarmé)


como te dizer?
assim nu e cru
algo se partiu
entre nós,
(no nó da coluna?
no cuco? no bico
pássaro?)
onde o corpo
se sustenta,
o peso da vida
senta...
como te dizer,
assim
sem apontar o lugar?
sem ser vulgar...
lá, onde a porca torce o rabo,
a raiva grita agudo
onde o mundo se perde
em defender-se guardar-se
virgem só para um,
não mais teu poema,
nunca mais.

 



Esse texto foi publicado no plástico bolha nº38: download PDF

 

 

 






 

 


 

Copyright - Jornal Plástico Bolha - E-mail: redacao@jornalplasticobolha.com.br